Por: Editor Aconteceu | 5 dias atrás

A Polícia Militar iniciou, na última sexta-feira (9), a Operação Alegria 2018. Mais de três mil policiais militares foram escalados para garantir a integridade de foliões, nativos e turistas que estão presentes em todos os municípios. Nenhuma ocorrência grave foi registrada   durante os três primeiros dias da ação, que continua até a próxima quarta-feira (14).

O comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm, destacou o empenho da corporação. “Sem prejudicar o atendimento nas demais cidades do Estado, empregamos o policiamento da Operação Alegria conforme a necessidade de cada cidade, priorizando os locais com maior concentração de público. Esse planejamento, vinculado ao empenho e profissionalismo de cada profissional escalado, tem garantido o sucesso das ações preventivas de policiamento deste Carnaval”, enfatizou o coronel Paulo Henrique.

Até a manhã desta segunda-feira, a Polícia Militar atendeu 386 ocorrências relacionadas ao Carnaval. As ocorrências de perturbação do sossego alheio, geradas principalmente por som alto, algumas brigas e ocorrências relacionadas ao trânsito foram as mais atendidas pela PM. Ao todo, 53 pessoas foram conduzidas à delegacia e 11 mandados de prisão foram cumpridos.

Uma das ocorrências que ganhou destaque e repercussão foi a prisão de um homem, realizada em alto mar. Após roubar um veículo e ser seguido pelos policiais, o autor do crime entrou no mar e nadou para fugir. O que ele não contava é que policiais militares iriam atrás dele. A ocorrência foi registrada no sábado, na área continental de Florianópolis.